DÍNAMO INICIA ATIVIDADE COM OBJETIVO DE INCLUSÃO E ASPECTO SOCIAL

Dínamo inicia atividade com objetivo de inclusão e aspecto social. Realizado nas terças e quartas feiras no centro de treinamento paraisão. Além de aprimorar as habilidades envolvida no esporte, as crianças ainda desenvolvem espírito de liderança, senso de responsabilidade e autoestima. Além disso, conviver de perto com a realidade de algumas pessoas nos fazem pensar em ética, espírito de equipe, responsabilidade, solidariedade, rigor, competência, honestidade, empenho e competitividade valores dos quais fazem parte da missão do Dínamo.

 

Você já pensou em quantas vidas foram mudadas a partir do esporte? Isso porque um projeto social que envolva esporte também engloba a questão do trabalho em equipe e do respeito a regras, fatores que contribuem fortemente para a formação da cidadania.

 Durante os treinamentos as crianças terão oportunidade de realizar atividade proporcionando melhora na coordenação motora, desenvolvendo habilidades como correr, pular, chutar, subir e descer escadas, que podem ser desenvolvidas a partir de um plano sistemático de exercícios e atividades esportivas.

Treino técnico e tático Segundo autores como (PAOLI 2000, DRUBSCKY 2003, FALKER E PEREIRA 2010, ARRUDA E BOLAÑOS 2010 e BENDA E GRECO 1998), na categoria infantil que compreende dos 14 aos 15 anos, é a fase que deve ser implantado devemos implantar o treinamento tático. A tática de acordo com Greco (1992 apud Paoli et al 2007) envolve processos cognitivos e exige uma capacidade de raciocínio muito apurada por parte dos aprendizes-atletas.   Conforme Paoli (2007), nos primeiros anos da categoria infantil torna-se necessário que os atletas-aprendizes experimentem, vivenciem situações de padrões táticos ofensivos e defensivos, que os habilitem para aplicações durante o jogo. Para Benda e Greco (1998), é na fase da ORIENTAÇÃO (desenvolvimento esportivo), que se deve procurar o desenvolvimento e aperfeiçoamento das capacidades físicas (motoras e coordenativas) e se iniciar o processo de fixação e aprimoramento das técnicas e o aprendizado da tática. Porém, Roth citado por Benda e Greco (1998), afirma que os processos cognitivos são necessários ao comportamento tático, e devem ser desenvolvidos no confronto com a situação de jogo, assim como o aperfeiçoamento dos mecanismos de regulação da ação que é conseguido através do treinamento técnico. Para o autor, a faixa etária compreendida entre os 14 e 15 anos, é a ideal para iniciar este processo.

 

 

Referencias:

  • ARRUDA, M. e BOLAÑOS M. A. C. Treinamento para jovens futebolistas. São Paulo: Phorte, 2010.
  • BENDA, R. N.; GRECO, J. P.Iniciação esportiva universal I: da aprendizagem motora ao treinamento. Belo Horizonte: UFMG, 1998.
  • DRUBSCKY, R.O universo tático do futebol: Escola brasileira. Belo Horizonte: Editora Health, 2003.
  • FALK, P. R. A.; PEREIRA, D. P. Futebol: gestão e treinamento.1ª ed. São Paulo: Ícone, 2010.
  • OLIVEIRA, B. ET AL.Mourinho: Porquê Tantas Vitórias? Lisboa. Gradiva, 2006.
  • OLIVEIRA, R. A planificação, programação, e periodização do treino em futebol. EFDeportes.com, Revista Digital.Buenos Aires, n. 89, 2005. http://www.efdeportes.com/efd89/futeb.htm
  • PAOLI ET AL. O desenvolvimento do processo de treinamento das ações táticas ofensivas no futebol na categoria infantil. EFDeportes.com, Revista Digital.Buenos Aires, Año 11 – N° 104 – Enero de 2007. http://www.efdeportes.com/efd104/treinamento-das-acoes-taticas-ofensivas-no-futebol.htm
  • PAOLI, P. B. Os estilos de futebol e os processos de seleção e detecção de talentos.Tese (Doutorado em Educação Física) – Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Gama Filho. Rio de Janeiro, 2007.

Leave a Reply

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support